O mercado

O agronegócio do Brasil é muito competitivo e importante para a economia do país. O setor pode ser considerado uma atividade altamente segura e rentável para os empresários. O Brasil tem um ambiente favorável ao agronegócio, com um clima diversificado, energia solar, solo rico, períodos de chuvas regulares e muita água doce.

Hoje, o agronegócio é considerado fundamental para manter a economia brasileira, gerando um real em cada três reais que circulam no país. Números recentes indicam que o agronegócio corresponde a 33% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. O setor também é responsável por 42% das exportações e 37% dos empregos do país.

Números do setor

Cria aproximadamente 37% de todos os empregos do país

Grande participação no Produto Interno Bruto-PIB

Responde por aproximadamente 39% das exportações

Aproximadamente 30% das terras brasileiras são utilizadas para agropecuária

Aproximadamente 61% do território ainda é coberto por matas originais

Saldo comercial de aproximadamente 79 bilhões de dólares em 2012

A pecuária exerce um grande destaque neste setor e nas exportações brasileiras. É fato que a pecuária no Brasil é exemplo de produção, a carne do bovino brasileira é considerada uma das melhores do planeta e a criação de gado leiteiro é exemplo para vários países.

O Brasil possui 209,13 milhões de cabeças de gado distribuídos em 167 milhões de hectares. Uma lotação de 1,25 cabeça por hectare. Nos últimos anos, a produção brasileira de carne bovina foi de 9,56 milhões de toneladas equivalente carcaça (tec), de um total de 39,16 milhões de cabeças abatidas.

A exportação foi de 1,88 milhão de toneladas equivalente carcaça, representando 19,63% da produção. Já o mercado interno foi responsável por consumir 81% da carne produzida no Brasil em 2015.